22 de setembro de 2009

Hello, Stranger (:

Olá, Estranho. Ponho de lado o meu violão para falar sobre você. Tudo soa tão clichê para mim. Esses amores à primeira vista, finais felizes para a eternidade e muitos outros blábláblás. Mas não pude resistir, se um dia como um sonho você apareceu pra mim*. Você mudou a minha vida, Estranho. Lembro quando te vi pela primeira vez, quando fui de encontro a você. Eu não tinha realmente te notado no meio de tantas pessoas, apenas tropecei em você. A partir daí, tornou-se constante você estar presente em todos os lugares que eu costumava ir, inclusive em meus pensamentos. E aqui está você, nesta folha, nestas palavras, no nosso gosto parecido.
Eu sei tanto de você, mas nada sabes sobre mim. Sei das músicas que gosta, das coisas que escreve, sei que já te decepcionaram e que você ainda sente por isso. Eu sei de tanta coisa, eu poderia fazer você se apaixonar por mim, mas gostar de alguém não faz esse alguém gostar de você. Te olho de longe. É tão bom te ver. Eu adoro o modo como você anda. Tão despreocupado, tão sem ambição. Vive com os fones no ouvido, talvez tenha medo do que o mundo tem a lhe dizer. Você escutaria o que tenho a lhe dizer, Estranho? Você tem a sua vida, talvez ame alguma garota, talvez ame todas. Você vive ao seu estilo, quer se tornar história. Eu me pergunto quando eu farei parte da sua.


* A bailarina e o astronauta - Tiê

4 comentários:

Nathália L. disse...

Hello stranger, haha adorei!

p.s: seio bem, xoxo S**** :**

Tai Araújo disse...

"and who is this, that's a secret I'll never tell" ;*
HAUSHAUHSAUHSUA ,
Nathália, Nathália u-u

OMG, tem nada a ver, viu?! .-.

x.o.x.o :*

Júlia Caribé disse...

eeei!! li vários dos seus textos aqui agora...
adorei! me surpreendi, mas adorei (;
não pare, ok? e não deixa as dores do mundo, ou amigos ou o que seja, corromperem você.
destaque para: "Quando escrevo me perco – e acho."

beijo :*

Tai Araújo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.